Crivella reconhece que aumento de IPTU é impopular

O prefeito do Rio de Janeiro afirmou que o aumento da alíquota do IPTU vai ser dividido em dois anos. Segundo Marcelo Crivella, metade do novo valor vai ser paga em 2018 e o restante no ano seguinte.

Sendo assim, a partir de 2019, o carioca vai passar a contribuir o valor total do imposto, já atualizado. Crivella admitiu que a medida é impopular.

Segundo a Fecomércio, a capital fluminense ocupa a quarta colocação no ranking de arrecadação de IPTU per capita.

O texto que aumenta a alíquota do imposto, apresentado por Crivella à Câmara de Vereadores, foi aprovado em primeira discussão.

Um estudo feito pela Fecomércio com imóveis comerciais mostra que cariocas podem pagar até 150 por cento a mais de IPTU do ano que vem.


TAG


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: