Começa a vacinação em Itaboraí, Niterói e São Gonçalo contra a febre amarela

Nesta segunda-feira (24), os municípios de Itaboraí, Niterói e São Gonçalo, na Região Metropolitana, começaram a vacinar todos os moradores das áreas rurais e perto de reservas florestais. Na semana passada, um idoso morreu com febre amarela silvestre no município vizinho Maricá. A Secretaria Estadual de Saúde disse que, além de proteger os moradores, a área de bloqueio serve pra evitar que a doença chegue às áreas urbanas.

As vacinas foram transportados em um isopor para manter a temperatura adequada. E elas mal chegaram aqui no Posto de Saúde da Família de Pachecos já tinha uma grande fila. Objetivo da prefeitura é vacinar cerca de 15 mil pessoas que moram em áreas de mata e perto da divisa com o Maricá.

Durante a tarde, a prefeitura vai buscar mais 20 mil doses, fornecidas pela Secretaria Estadual de Saúde, que colocou as áreas que fazem divisa com Maricá na lista de lugares estratégicos da vacinação. A cidade já preparou o esquema, como explicou o subsecretário de Vigilância em Saúde Renato Botticini.

Em Itaboraí o público alvo para vacinação em toda a cidade é de 199 mil pessoas até o final do ano.

Além de Itaboraí outros dois municípios receberam reforço para a vacinação. Niterói tem que vacinar 409 mil pessoas, e já recebeu 124 mil doses. O reforço de mais de 20 mil será distribuído nas regiões perto de matas e de Maricá. São Gonçalo também teve um reforço de 20 mil doses.

A Prefeitura de Niterói disse que a vacinação está sendo feita nas policlínicas regionais do Engenho do Mato e em Jurujuba. E que aumentou o número de salas e profissionais para a vacinação. A Prefeitura de São Gonçalo disse que cinco postos da cidade estão abertos para vacinação e que além disso intensificou a imunização na Zona da Mata com várias equipes em oito bairros.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: