Começa a 18ª Bienal do Livro do Rio

A 18ª Bienal do Livro do Rio transformará o Riocentro, a partir desta quinta-feira (31), na vitrine da literatura mundial até 10 de setembro. Maior evento literário do país, a Bienal alcançou 3,7 milhões de livros vendidos, em 2015, quando ocorreu a 17ª edição.

Um dos espaços mais disputados pelos milhares de visitantes (há dois anos, foram 676 mil) será Arena#SemFiltro – onde estarão os YouTubers que também são autores. A Bienal também se divide em Café Literário, o Encontro com os Autores e o Geek & Quadrinhos. Confira abaixo algumas atrações, listadas pelo G1.

31 de agosto

17h – Trajetórias editoriais – Responsáveis por três das maiores editoras do Brasil – Companhia das Letras, Editora 34 e Zahar – falam sobre como imprimiram as linhas editoriais das respectivas casas.

17h – Espaço Geek & Quadrinhos – Debate entre o quadrinista Carlos Ruas e o escritor Affonso Solano sobre a influência do politicamente correto na criação artística.

01 de setembro

11h – Entrevista com Ziraldo – O autor estará no espaço Encontro com Autores. Ele também lança um novo livro.

02 de setembro

17h30 – Vamos pensar um pouco? – Na Área Encontro com Autores, o filósofo e professor Mário Sérgio Cortella e o quadrinista Maurício de Sousa discutem a importância do exercício de pensar.

18h – Lima Barreto – A historiadora Lilia Schwarcz fala sobre o lançamento da biografia de Lima Barreto. No Café Literário.

19h30 – A Lava Jato e a democracia brasileira – Também no Café Literário, Fernando Gabeira e Deltan Dellagnol discutem a Operação Lava Jato e a democracia brasileira.

03 de setembro

17h – Bate-papo com Maurício de Sousa – Maurício de Sousa volta à Bienal para falar sobre o lançamento de sua biografia. No Encontro com os Autores.

18h30 – Vestindo a mesma pele – Intelectuais negros falam sobre experiências vividas na sociedade brasileira, onde o preconceito ainda persiste. Martinho da Vila, Muniz Sodré e Maurício Pestana participam. No Café Literário.

04 de setembro

14h – Fórum de Educação – Flávia Oliveira media um debate sobre a educação. No Fórum de Educação.

17h – Música e ideologia – Marcelo Yuka e Tico Santa Cruz falam sobre engajamento político dentro do universo musical. Na Arena Sem Filtro.

05 de setembro

19h – Humor! Ontem, hoje e sempre – Bruno Mazzeo e Lucas Rangel falam sobre o fazer humorístico em diferentes plataformas. Na Arena Sem Filtro.

19h – Bendita panelinha – A chef Rita Lobo conversa sobre sua trajetória literária.

06 de setembro

11h – Assista a este livro – Edney Silvestre fala sobre a importância da TV na facilitação do acesso ás grandes obras literárias. No Café Literário.

17h – Grandes lançamentos – Heloísa Seixas, Joca Reiners Terron e Santiago Nazarian – três dos principais autores da atual literatura brasileira – falam sobre seus lançamentos e como é viver de escrever livros no Brasil. No Café Literário.

19h30 – Literatura e história – Samir Machado e Alberto Mussa falam sobre literatura e história no Café Literário.

07 de setembro

18h – Futuro sustentável – O jornalista André Trigueiro debate sobre o futuro sustentável no Café Literário.

18h – Lobão – O cantor, compositor e escritor vem à Bienal para lançar o livro “Guia politicamente incorreto dos anos 1980 pelo Rock”.

08 de setembro

19h30 – 100 anos de samba – O historiador Luiz Antônio Simas promove um debate sobre o centenário da maior criação musical brasileira: o samba. No Café Literário.

09 de setembro

12h – Carl Hart, Ilana Szabó e Casagrande debatem a política de combate ao uso de drogas.

15h – Fabrício Carpinejar, Raphael Montes e Afonso Borges debatem o trabalho do cronista na literatura contemporânea.

17h – Leandro Karnal e Daniel Pinheiro discutem a pós-verdade.

19h30 – Artur Xexéo, Joaquim Ferreira dos Santos e Patrícia Kogut discutem a mídia televisiva e a história de seus grandes personagens.

10 de setembro

16h – A Era do Imprevisto – Míriam Leitão fala sobre a imprevisibilidade do momento histórico no qual vivemos. Às 16h, no Café Literário.

18h30 – 90 anos de Tom Jobim – Ruy Castro fala sobre a obra de um dos nomes mais importantes da Música Popular Brasileira. Às 18h30, no Café Literário.

15h – Literatura de Fantasia no Brasil – Eduardo Sporh, Affonso Solano e André Vianco falam sobre a criação de universos de fantasia dentro da literatura brasileira. Às 15h, no Encontro com Autores.

Serviço

Bienal do Livro do Rio

Quando: de 31 de agosto a 10 de Setembro de 2017

Horário: 31 de agosto: 13h às 22h

7 de setembro (feriado): 10h às 22h

Durante a semana: 9h às 22h

Finais de semana: 10h às 22h

Onde: Riocentro – Av. Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca

Ingressos: R$ 24 (inteira), R$ 12 (meia-entrada)




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: