Com golaço de Everton Ribeiro, Cruzeiro vence Flamengo por 2 a 1

003Tudo aberto no confronto entre Cruzeiro e Flamengo pelas oitavas de final da Copa do Brasil. No Mineirão o time da casa venceu o rubro-negro carioca por 2 a 1, com gols de Willian e Éverton Ribeiro pelo Cruzeiro, com Carlos Eduardo descontando para o Flamengo.

Com a vantagem conquistada a equipe celeste joga pelo empate na partida de volta que estará classificada. Já o gol solitário do time carioca serviu de alento pelo regulamento da competição. Agora o Flamengo poderá se classificar se vencer por 1 a 0.

O jogo da volta será na próxima quarta-feira no Maracanã, às 21h50. Mas antes as equipes tem compromissos no sábado pelo Brasileirão. O Cruzeiro vai até Campinas enfrentar a Ponte Preta às 18h30, enquanto o Flamengo viaja para Brasília, onde enfrentará o Grêmio.

Cruzeiro domina primeiro tempo
O primeiro tempo foi de domínio amplo do Cruzeiro. Aos 13 minutos Borges chutou cruzado de dentro da área e obrigou Felipe a fazer grande defesa, logo após receber lançamento espetacular de Éverton Ribeiro.  Dois minutos depois Willian arrisca de fora da área com perigo após bobeira de Fernando. Passou perto.

Aos 22 o lance mais polêmico do primeiro tempo: Éverton Ribeiro avançou em velocidade e reclamou de pênalti após contato com González. Muita reclamação no Mineirão, que recebeu bom público: 35 mil presentes.

O Flamengo abusou nos erros de passes e demorou muito a concluir para o gol de Fábio. A chance mais perigosa veio de Marcelo Moreno, que aos 24, cortou Dedé e arriscou de fora da área. A bola raspou no pé direito da trave.

A bola na trave foi um lance único, já que o Cruzeiro seguiu impondo seu ritmo de jogo. Três minutos depois do lance de Moreno, aos 27, foi a vez de Willian, ex-Corinthians, marcar seu primeiro gol com a camisa celeste. No cruzamento de Ceará pela direita, Ricardo Goulart cortou no primeiro pau obrigando Felipe a fazer grande defesa no reflexo. Mas para infelicidade do goleiro a bola sobrou limpa no rebote para William escorar para o gol vazio. 1 a 0 Cruzeiro.

Aos 44 Marcelo Moreno bateu de primeira após cruzamento de Fernando. Bola quicou no gramado e forçou Fábio a fazer uma boa defesa.

Golaço de Éverton Ribeiro
O Flamengo voltou mais ligado na segunda etapa, mas não o suficiente para superar o toque de bola envolvente da Raposa.

Aos 9 minutos Bruno Rodrigo, escorando escanteio, cabeceou na trave de Felipe, que só observou. Aos 12 foi a vez do Mineirão aplaudir de pé uma pintura de Éverton Ribeiro. O meia cruzeirense arrancou em velocidade puxando contra-ataque, tabelo com Ricardo Goulart, que devolveu na grande área para Éverton Ribeiro. O jogador deu um balão em Luiz Antonio, e, sem deixar a bola cair, fuzilou de esquerda no ângulo de Felipe. Um golaço! 2 a 0 Cruzeiro.

O ímpeto celeste só foi diminuir mesmo após do gol do Flamengo. Uma bobeira do zagueiro Dedé, que recuou na fogueira para Fábio. Os dois bateram cabeça e Marcelo Moreno, esperto, tocou de leve. A bola foi novamente na trave, mas dessa vez lá estava Carlos Eduardo, que acabara de entrar, para diminuir. 2 a 1.

Daí em diante o jogo ficou aberto, com as equipes se lançando ao ataque, mas sem muito perigo. Destaque para a estreia de Júlio Baptista, que foi apenas discreta. “A Besta” voltou a atuar em um clube brasileiro depois de uma década na Europa, e ainda precisa de entrosamento com o elenco mineiro.

Nos minutos finais as equipes tiraram o pé do freio. O Flamengo, satisfeito com o gol achado fora de casa, e o Cruzeiro com mais uma vitória no novo Mineirão. É a 16ª partida de invencibilidade no estádio após a reforma.

FICHA TÉCNICA – CRUZEIRO 2 X 1 FLAMENGO
Local:
 Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 21 de agosto de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)
Cartões amarelos: Cáceres e Elias (Flamengo)
Público: 33.645 pagantes
Renda: R$ 1.660.580

Gols
Cruzeiro:
 Willian, aos 27 minutos do primeiro tempo, e Everton Ribeiro, aos 12 minutos do segundo tempo
Flamengo: Carlos Eduardo, aos 23 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton, Souza, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart (Luan); Willian (Júlio Baptista) e Borges (Vinicius Araújo)
Técnico: Marcelo Oliveira

FLAMENGO: Felipe; Luiz Antônio, Chicão, Marcos González e Samir (Paulinho); Cáceres; Fernando (João Paulo), Elias, Gabriel (Carlos Eduardo) e André Santos; Marcelo Moreno
Técnico: Mano Menezes




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: