Com direito a gol olímpico , Fluminense é derrotado pelo Inter

001Em uma grande partida em Macaé, o Internacional derrotou o Fluminense, no sábado, por 3 a 2, assumindo a vice-liderança do Brasileirão após a partida. O uruguaio Diego Forlán foi o grande destaque da partida: além de dar o passe para o primeiro gol, de D’Alessandro, marcou outros dois, um deles olímpico. O Flu descontou com Carlinhos e Fred.

O Fluminense teve mais posse de bola no primeiro tempo, mas o Inter foi mortal nos contragolpes e aproveitou as falhas do Flu para abrir 3 a 1. Na etapa final, o time da casa descontou rápido, com Fred, pressionou bastante, mas não chegou ao empate, perdendo a primeira como mandante no Brasileiro.

O resultado deixa o Internacional com 12 pontos, em 2º lugar no campeonato, ao menos enquanto Ponte Preta e Bahia não finalizam a partida das 21h. O Colorado volta a campo na quarta, fora de casa, contra o América-MG, pela Copa do Brasil. Já o Flu, com a derrota, segue com 9 pontos, na 7ª colocação. No próximo domingo, faz o clássico contra o Vasco, no Maracanã.

O time comandado por Dunga teve grande atuação na etapa inicial. Em um contragolpe veio o primeiro do Inter: aos 19, Forlán arrancou pela esquerda e lançou D’Alessandro na área. O argentino esperou a bola quicar para fuzilar de direita: 1 a 0. O gol sofrido trouxe o Fluminense para cima, mas a equipe carioca não conseguia atacar de forma organizada. Para piorar as coisas, aos 33, Digão furou e deixou Forlán livre para fazer o segundo dos gaúchos.

Flu tenta empate, mas não consegue- A resposta foi imediata: no minuto seguinte, Carlinhos aproveitou falta batida por Sobis e descontou de cabeça. 40, um balde de água fria na reação: Forlán, que quase marcara gol olímpico no começo do jogo, conseguiu a façanha ao bater escanteio fechado e contar com uma falha do goleiro Diego Cavalieri: Inter 3 a 1.

O Fluminense voltou para o segundo disposto a empatar, e cedo conseguiu descontar: aos sete minutos, após cobrança de escanteio, a bola bateu em dois jogadores cariocas e sobrou livre para Fred descontar: 3 a 2. O Flu ainda tentou o empate, mas não teve sucesso.

Fluminense: Diego Cavalieri, Bruno, Gum (Samuel), Digão e Carlinhos; Edinho, Jean e Wagner (Deco); Rhayner (Marcos Júnior), Fred e Rafael Sobis.
Técnico: Abel Braga Internacional: Muriel; Gabriel, Índio, Juan e Kleber; Josimar, Fabrício, Jorge Henrique (Vítor Júnior) e D’Alessandro; Forlán (Ednei) e Rafael Moura (Dátolo). Técnico: Dunga




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: