full screen background image




Clássico é no Maracanã

Após a Copa das Confederações, Fluminense e Vasco ´reabrem´ o estádio mais querido dos cariocas

O “novo” Maracanã, da iniciativa privada e dos ingressos caros, será oficialmente reaberto hoje para os clubes cariocas. E o clássico entre Fluminense e Vasco começou antes mesmo da bola rolar, em uma semana marcada por polêmicas e discussões envolvendo os lugares que cada torcida vai ocupar às 18h30, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro Dentro de campo, as equipes precisam da vitória – ambas não vencem há três jogos.

Maracanã recebeu três jogos da Copa das Confederações. Para a partida de hoje, houve polêmica a respeito do lado em que as torcidas ficariam. Grades também tiveram de ser instaladas para separar tricolores e cruzmaltinos Foto: Reuters

A torcida do Fluminense vai ficar no lugar que, tradicionalmente no antigo Maracanã, era dos vascaínos. Por isso, os clubes não entraram em acordo quanto à divisão da renda, que inicialmente seria de 50%/50%, mas agora vai toda para o Fluminense e o consórcio Maracanã S.A., que ganhou do governo do Rio de Janeiro o direito de explorar o estádio pelos próximos 35 anos.

Revoltado com a posição do Fluminense, que não abriu mão do setor ao lado direito das tribunas de imprensa, o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, chegou a pedir ao seu torcedor para boicotar o clássico. Mas ainda assim boa parte dos ingressos para vascaínos foram vendidos. O técnico Dorival Júnior ignorou o presidente e convocou a torcida: “não tenho dúvida de que os vascaínos vão abraçar a equipe novamente”.

Polêmicas à parte, o jogo vai marcar o retorno de dois veteranos. No Vasco, Juninho Pernambucano vai reestrear pelo clube após a rescisão com o New York Red Bull. No Flu, Deco está de volta depois da acusação por doping, que o deixou de fora de jogos importantes em 2013.

Consagrado

Como trunfo, o time tricolor terá o atacante Fred, que tem a ótima média de 0,81 gol por jogo no Maracanã: 27 gols em 33 partidas. O atacante vai voltar ao estádio após os dois gols marcados na final da Copa das Confederações. Será também o retorno do torcedor carioca, que já conheceu como pode ser o Maracanã no “padrão Fifa” e agora quer saber se o mesmo nível será mantido o Brasileirão.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: