Chuva e trânsito complicado em Niterói

A forte chuva que atingiu Niterói durante toda terça-feira (20) e se manteve ao longo da madrugada e manhã desta quarta (21), acarretou em um verdadeiro caos no trânsito da cidade. Diversos pontos de alagamento foram registrados e as principais vias da cidade apresentaram congestionamentos.

O volume de chuva registrado em Niterói desde o fim da tarde de terça-feira (20/6) chegou a 170%. O município permanece em estado de atenção, no entanto, a Defesa Civil do Município não registrou ocorrências graves. Houve pontos de alagamento na Zona Sul, Pendotiba e Região Oceânica, áreas mais atingidas pelo temporal.

Em alguns locais, como na Região Oceânica e de Pendotiba, em apenas 12 horas choveu mais do que o esperado para todo o mês. É o caso de Piratininga, onde a chuva ultrapassou em 170% a média mensal, em Itaipu, onde o acumulado foi de 109% e no Badu, em que o índice chegou a 108%.
No Barreto, Morro do Castro, Santa Barbara, Charitas, Várzea das Moças e Maria Paula os acumulados ultrapassaram 50% do esperado para o mês. Já no Centro, Fonseca e Ingá, onde foram registrados os menores volume de chuva na cidade, o acumulado ultrapassou 35% do esperado par ao mês.
“Choveu muito forte em um curto período de tempo, ultrapassando a média mensal em apenas uma noite. Outros fatores, como a ressaca, maré alta e a chegada de uma frente fria contribuíram para aumentar o impacto das chuvas na cidade. As equipes da Seconser, Clin, Defesa Civil e NitTrans estão nas ruas, trabalhando para mitigar as ocorrências e orientar a população”, explica a secretária de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa.
Equipes da Seconser estão desobstruindo a rede pluvial com caminhões Vac ALL em diversos pontos da cidade para melhorar o escoamento da água. Em casos de acidentes provocados pela chuva o morador deve acionar o órgão pelo número 199.

Na noite desta terça-feira (20), vias da cidade, incluindo a Ponte Rio-Niterói, apresentaram diversos quilômetros de retenção. A travessia na Ponte, no sentido Niterói, chegou a 46 minutos.

Em Charitas, o tempo de travessia do novo túnel, em ambos os sentido, chegou a 1 hora. Ainda no bairro, moradores relataram que a Garagem Subterrânea, inaugurada no último dia 8, ficou completamente alagada e precisou ser fechadas antes do horário previsto.

Nas redes sociais, os moradores compartilharam diversas fotos e vídeos do alagamento na cidade. As imagens mostram que em alguns pontos a água chegava a cobrir, quase que por completo, automóveis e motocicletas.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: