CHN inaugura dois novos prédios em Niterói

O Complexo Hospitalar de Niterói​ (CHN)​, ​no ​Centro, ​inaugurou nesta quarta-feira (27) seus dois novos prédios: as unidades IV e V. A solenidade contou com a presença de cerca de 400 pessoas, entre autoridades e funcionários. ​​​

O investimento ​é ​de mais de R$ 100 milhões​ e vai transformar o CHN em um supercomplexo de emergências.

​A partir do próximo domingo, 1º de outubro, a unidade estará atendendo com os seus mais 45 leitos de terapia intensiva q. ​

 

 

Ampliação –A Unidade IV ainda abriga 45 leitos de terapia intensiva, sendo 18 na nova UTI Pediátrica, 20 na Unidade Cardiológica e sete na UTI de retaguarda, dedicadas aos pacientes da emergência adulto. Com a aquisição de equipamentos de última geração, como a ressonância magnética de 3 Tesla, o aparelho de tomografia computadorizada de 160 canais e o novo aparelho de ultrassonografia, o hospital vai gerar maior rapidez na realização de exames e menor exposição do paciente à radiação, além de incluir Doppler colorido com estudos em 3D e elastografia hepática, de tireoide e mamas.

Já a Unidade V, atualmente, comporta dois pavimentos de estacionamento, totalizando 47.800 metros quadrados de área construída, somando mais de R$ 40 milhões em novos investimentos. O projeto ainda prevê, para final de 2017 e 2018, a entrega de mais 84 leitos de transplante com pressão positiva e filtros HEPA, o Day Clinic de transplante, o Centro de Infusão, outra unidade de diagnóstico, consultórios de apoio, main entrance e back office.

 

Atendimento – Com o Complexo de Emergências, a capacidade do CHN vai passar de 10 mil para 20 mil casos por mês. Já o número de leitos, que hoje somam 257, vai para 328 até o final deste ano, com potencial para chegar a mais de 400 leitos quando o projeto de expansão for concluído, no final de 2018.

O CHN vai gerar cerca de 800 vagas de trabalho – entre empregos diretos e indiretos.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: