Botafogo perde e Coxa sai da zona de rebaixamento

00Pela penúltima rodada do Brasileirão o Coritiba bateu o Botafogo por 2 a 1 no Couto Pereira. Com grande atuação da entrosada dupla Deivid-Alex, que se revezaram nos dois gols e assistências do Coxa na partida. Bruno Mendes entrou no segundo tempo no lugar de Elias e descontou para o Botafogo.

Com o resultado o Coritiba respira mais alíviado por sair da zona de rebaixamento, agora ocupando a 16ª posição com 45 pontos. Já o Botafogo segue na 5ª posição, com 58 pontos, e torce por uma combinação de resultados para ir à Libertadores ano que vem.

A próxima rodada será a última do campeonato, com os jogos disputados simultaneamente: domingo às 17h (horário de Brasília). O Coritiba vai até Itu enfrentar o São Paulo, enquanto o Botafogo recebe o Criciúma no Maracanã.

O jogo

O Botafogo começou melhor na partida, obtendo maior posse de bola ao longo do primeiro tempo. Porém pouco conseguia concluir com perigo. Logo aos 3 minutos o lateral Gilberto, que hoje substitui o suspenso Edílson, arriscou chute forte de fora da área. A bola desviou na defesa alvi-verde e obrigou Vanderlei a realizar boa defesa, mandando para escanteio.

Aos 15 minutos Rafael Marques e Gil trombaram violentamente cabeça com cabeça em disputa pelo alto. Ambos os jogadores sangraram bastante no lance e passaram o resto da partida com toucas para estancar o sangramento. Cada jogador recebeu cinco pontos na cabeça para fechar as feridas.

Aos 26 minutos a melhor chegada do Botafogo saiu dos pés de Seedorf. O holandês arracou em velocidade pela direita e chutou forte. A bola bateu pelo lado de fora das redes de Vanderlei.
No minuto seguinte o Coritiba respondeu com boa jogada de Carlinhos, que invadiu a área em velocidade e obrigou Jefferson a realizar boa defesa.

O gol do Coxa veio em jogada de bola parada aos 39: Alex cobrou falta com perfeição na cabeça de Deivid, que, livre de marcação, testou para baixo. A bola era defensável, mas passou entre as pernas de Jefferson, que tomou um autêntico frango. 1 x 0.

No segundo tempo o Coritiba voltou mais recuado por conta do bom resultado, explorando apenas os contra ataques rápidos. Aos 9 minutos Carlinhos arrancou em velocidade pela esquerda e cruzou no meio para Alex. O maestro do Coxa ajeitou de peito para finzalização de primeira de Gil, mas a bola subiu bastante.

Aos 15 minutos o Botafogo chegou com perigo em descida  de Gabriel. Como um elemento surpresa, o volante alvinegro fez fila e tocou de bico buscando o canto esquerdo de Vanderlei. O goleiro do Coxa faz linda ponte e manda a bola para escanteio.

Oswaldo tentou botar o Botafogo mais para o ataque, optando pela entradas de Lodeiro e Bruno Mendes. Mas com isso o time ficou mais vulnerável ainda diante do entrosado Coritiba. Aos 23 minutos novamente a dupla Deivid-Alex voltou a aparecer com brilho: Deivid foi até a linha de fundo pela direita, tirou Jefferson com um leve toque por cima e deixou o capitão Alex livre na marca penal para encher o pé. 2 x 0.

O Botafogo sentiu o golpe e demorou muito para reagir. Apenas aos 38 minutos Dória chamou a responsabilidade para si e se lançou ao ataque. O zagueiro cruzou na medida para Bruno Mendes finalizar de dentro da pequena área, marcando o seu 3º gol no Brasileirão. 2 x 1.

O Botafogo se lançou de qualquer forma ao ataque, mas abriu grandes buracos na defesa. Aos 49 o Coxa quase ampliou após contra ataque veloz: Jefferson fez defesa espetacular após peixinho de Júlio Cesar  em cruzamento de Carlinhos pela direita. Grande defesa de Jefferson, mas que não alterou o resultado. Vitória do Coritiba, que jogou mais atento na importância da partida.

Escalações
CORITIBA: Vanderlei, Victor Ferraz, Luccas Claro, Chico, Diogo, Willian, Junior Urso, Gil (Germano), Alex (Lincoln), Carlinhos e Deivid (Júlio César).

BOTAFOGO: Jefferson; Gilberto, Bolívar, Dória e Julio César; Gabriel, Marcelo Mattos (Henrique), Seedorf e Hyuri (Lodeiro); Rafael Marques e Elias (Bruno Mendes).

Gol: Deivid, aos 39 do 1º tempo; Alex, aos 23 do 2º tempo. Bruno Mendes, aos 38 minutos do 2º tempo.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: