Botafogo derrota o Náutico

00Foi uma noite perfeita. O Botafogo encerrou o jejum de cinco partidas sem vitória no Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira ao derrotar o Náutico por 2 a 1, na Arena Pernambuco. Para completar, o Atlético-PR empatou com o Corinthians, o que garantiu ao alvinegro a terceira posição na tabela. O vice-líder Grêmio perdeu em casa para o Criciúma e ficou a apenas dois pontos de distância. Rafael Marques e Seedorf marcaram os gols da virada – Maikon Leite abriu o placar para os pernambucanos, que veem o rebaixamento cada vez mais perto.

Assim que a bola rolou na Arena Pernambuco, ficou claro que o jogo não primaria pela qualidade técnica no toque de bola. Mesmo assim, o primeiro tempo teve três gols. O primeiro justamente do time mais fraco. Aos oito minutos o Náutico abriu o placar com a ajuda de Renan, substituto de Jéfferson. Maikon Leite ficou com a bola e chutou sem muita força. Mesmo assim, o goleiro alvinegro aceitou: 1 a 0.

O gol não desesperou o Botafogo. Rafael Marques e Seedorf chamaram a responsabilidade. O holandês, bem melhor do que nas últimas partidas, iniciou a jogada do empate. Aos 25, o meia carregou a bola pela esquerda e cruzou. O desvio na zaga sobrou para Rafael Marques emendar de voleio e marcar depois de oito partidas de jejum.

Mesmo dando espaços ao Náutico, o Botafogo conseguiu a virada. Aos 39 minutos, Edílson cobrou escanteio na entrada da área. Seedorf soltou uma bomba que deixou Ricardo Berna apenas olhando: 2 a 1.

Na etapa final, o Botafogo tentou tocar a bola e garantir a vitória. Mas, por pouco, não deixou o adversário empatar. Aos 12, Morales fez linda jogada, driblou toda a zaga e tentou tocar no canto de Renan, que se redimiu e defendeu com o pé. Os pernambucanos seguiram pressionando, enquanto o alvinegro não conseguia encaixar o contra-ataque que poderia matar a partida. Isso aconteceu aos 45 minutos. Gegê recebeu de Edílson na área e teve tempo para dominar a bola e chutar colocado, marcando 3 a 1 e definindo a vitória e o fim do jejum alvinegro.

NÁUTICO 1 X 3 BOTAFOGO

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)

Árbitro: Marcos Andre Gomes da Penha (ES)

Auxiliares: Luis Carlos Camara Bezerra (RN) e Broney Machado (PB)

Gols: Maikon Leite 8’/1°T (1-0); Rafael Marques 25’/1°T (1-1); Seedorf 39’/1°T (1-2); Gegê 45’/2°T (1-3)

NÁUTICO: Ricardo Berna; Maranhão, João Filipe, William Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Derley (Marcos Vinícius, aos 19’/2°T), Martinez e Morales (Jones Carioca, aos 32’/2°T); Hugo (Oliveira, aos 12’/2°T) e Maikon Leite. TÉCNICO: Marcelo Martelotte.

BOTAFOGO: Renan, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Renato, Seedorf, Octávio (Hyuri, aos 11’/2°T) e Rafael Marques (Gegê, aos 29’/2°T); Elias (Alex, aos 42’/1°T). TÉCNICO: Luiz Alberto

 




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: