Ator internado com síndrome rara: “Não fala mais”

Guilherme Karan, 57 anos, continua vivendo um drama. Internado há um ano e meio no Hospital Naval Marcílio Dias, no Rio de Janeiro, o ator batalha contra a síndrome de Machado-Joseph, doença neurológica rara que faz com que a pessoa portadora perca a capacidade motora.

A doença é hereditária e foi passada para Guilherme pela mãe, que morreu da síndrome. Os outros três irmãos do ator já apresentaram a doença – dois já morreram e a mais nova, Luciana, 48 anos, também está doente. O pai do ator, almirante da Marinha Alfredo Karan, 90 anos, contou um pouco de como é a rotina de sofrimento da família. “Guilherme perdeu as funções motoras.

Não fala, não anda mas é completamente lúcido”, disse ele ao Ego. O ator começou a ter sintomas da síndrome durante a novela “América”, de Glória Perez, exibida em 2005. Ele vivia o Geraldito na trama. “A perda do equilíbrio é o primeiro sintoma. Depois vêm os outros degenerativos.

No início ele estava aqui em casa comigo e não queria receber visitas. Mas na época o convenci a deixar que os amigos viessem vê-lo. Glória Perez, Tessy Callado… São algumas que sempre o procuraram”, lembra o pai.

Ao visitar Guilherme, o pai chegou a encontrá-lo uma vez chorando ao ver na TV uma cena em que atuava com Lima Duarte, em “Meu bem, meu mal”.


TAG


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: