Atlético-MG vence o Botafogo no Mineirão

Há coisas que só acontecem com o Botafogo. Uma delas é sofrer um gol com apenas 12 segundos de jogo, após a importante e empolgante vitória sobre o Internacional, no Beira-Rio. Gol logo no primeiro toque na bola, numa noite para Cazares recordar para sempre. Gol histórico, duas assistências e um golaço na goleada do Atlético por 5 a 3, que deixa o clube mineiro apenas um ponto atrás do G4.

Algo conquistado após a sequência de quatro partidas em Belo Horizonte e 100% de aproveitamento. Agora, para confirmar a boa fase, o Atlético tem dois compromissos fora de casa, contra Figueirense e Flamengo. Já o Botafogo segue o calvário de lutar contra o rebaixamento.

DESTAQUES

No primeiro toque na bola saiu o gol. Cazares precisou de apenas 12 segundos para abrir o placar no Mineirão e dar uma tranquilidade do Atlético contra o Botafogo. É o gol mais rápido do Atlético em Brasileiros. E o camisa 11 fez muito mais ainda. Foi dele os passes para os gols de Robinho e Fred, além de um golaço, já nos minutos finais, para sacramentar sua maior atuação pelo Atlético.

Nenhuma outra equipe levou tantos gols de Fred como o Botafogo. Só pelo Fluminense foram 14. E com a camisa do Atlético o histórico se manteve. O centroavante marcou o terceiro gol atleticano. O clube carioca levou gol de Fred em dois jogos no mesmo turno neste Brasileiro. O centroavante também marcou no Botafogo pelo Fluminense, antes de acertar com o Atlético.

MÁ PONTARIA

Apesar da derrota por 5 a 3 e a presença da equipe dentro da zona do rebaixamento, o torcedor do Botafogo tem com o que se animar após a apresentação da equipe no Mineirão. Mesmo diante de um candidato ao título, empurrado pela torcida e embalado por uma série de vitórias, o Botafogo conseguiu jogar e levar perigo ao gol de Victor. Porém, o time bem montado por Ricardo Gomes sofre com a falta de qualidade na hora de concluir as jogadas.

ATLÉTICO-MG

Victor; Carlos César, Leonardo Silva, Erazo (Ronaldo) e Douglas Santos; Júnior Urso, Eduardo e Cazares; Clayton (Carlos), Robinho (Dátolo) e Fred. T.r: Marcelo Oliveira.

BOTAFOGO

Sidão; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo Barbosa, Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Fernandes (Gervasio Núñez) e Camilo; Ribamar (Sassá) e Neilton (Rodrigo Pimpão). T.: Ricardo Gomes.

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)Árbitro: Raphael Claus (SP)Gols: Cazares aos 11 seg e Robinho aos 46 min do primeiro tempo; Fred aos 2 min, Sassá aos 27 min, Cazares aos 32 min, Gervasio Núñez aos 43 min, Carlos aos 44 min e Bruno Silva aos 46 min do segundo tempoPúblico: 36.129Renda: R$ 804.255,00




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: