Após tiroteio no Rio, mais de 8 mil alunos estão sem aula

A Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro informou que mais de oito mil jovens ficaram sem aula nesta terça-feira (13) devido ao tiroteio no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro, e na região da Cidade de Deus, zona oeste da cidade.

De acordo com a secretaria, 12 escolas, quatro creches e cinco Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) permaneceram fechados durante o caos em Maré, região mais afetada. Com a suspensão das atividades, 7.596 estudantes foram prejudicados.

Segundo o serviço Onde Tem Tiroteio (OTT), que mapeia confrontos no Rio com ajuda de colaboradores, a Polícia Militar (PM) fez uma operação na região de Maré no início da manhã. No entanto, as autoridades negaram a informação.

Por sua vez, na Cidade de Deus, em Jacarepaguá, 648 crianças e adolescentes também ficaram sem aula. A polícia ainda não afirmou se realiza ou não algum tipo de operação nesta área.

Em outras regiões também foram registradas ações policiais nesta manhã. Em Acari, na zona norte do Rio, duas creches municipais foram fechadas, o que atingiu 429 crianças.

Na região central, homens do Bope (Batalhão de Operações Especiais) foram ao Morro da Providência, na zona portuária, e trocaram tiros com traficantes.

Além disso, nesta madrugada, alguns criminosos atacaram uma base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local. Três policiais ficaram feridos. Já em Copacabana, zona sul, um jovem de 19 anos morreu após se baleado durante um confronto entre policiais da UPP e traficantes.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: