Luxemburgo chega e pretende superar desconfiança de tricolores

003Nesta terça-feira, Vanderlei Luxemburgo assumiu o cargo de técnico do Fluminense, já fez o primeiro treino com a equipe e concedeu entrevista coletiva oficialmente como novo treinador do clube.

Contestado por alguns devido ao seu time de coração ser o Flamengo, mesmo assim, Luxemburgo fez questão de separar o lado torcedor com o profissional.

“Todos nós temos um time. Cansei de ir ao estádio torcer pelo Flamengo na minha infância. Mas hoje sou profissional. O Fla é meu adversário, não meu inimigo. Em 1986 eu vivi uma situação engraçada quando trabalhei nas Laranjeiras. O presidente do Fluminense disse que no clube não entrava rubro-negro. Eu perguntei: ‘Por onde saio (risos)’?. Eu não vou abrir mão de ser flamenguista e quando encerrar minha carreira vou querer ajudar o clube de alguma maneira. Mas hoje eu quero bater no Flamengo toda vez que enfrentá-lo no comando do Fluminense”, avisou o treinador.

Luxemburgo chegou a dirigir interinamente o Fluminense em 1986 por 13 partidas com o time de juniores. Na passagem foram quatro vitórias, quatro derrotas e cinco empates. O novo técnico do Flu espera acabar com a rejeição por parte dos torcedores do Tricolor carioca.

“A rotina de treinador é essa mesmo. A rejeição ontem era uma, hoje já diminuiu e amanhã, se vencermos, tudo melhora ainda mais. Não podemos esquecer que o Abel, mesmo com toda sua identificação com o Fluminense, foi questionado após algumas derrotas”, afirmou.

O novo comandante assinou contrato com o Flu até o fim deste ano. Sobre a negociação, Luxa explicou:

“A opção do contrato foi porque o mandato da diretoria termina no fim do ano. Queremos chegar à Libertadores e se possível conquistar algum título em 2013. Depois vamos conversar. No Grêmio tive esse problema. Fui contratado por um presidente e meses depois entrou uma nova diretoria”, explicou.

“Estou chegando para substituí-lo (Abel Braga) e dar continuidade ao trabalho de um grande técnico, um vencedor. Um grupo de muita qualidade que está vivendo um momento ruim. Mas é um time que perdeu apenas três jogos até ser campeão brasileiro em 2012. Vamos tentar reviver isso e trazer o Fluminense de volta ao espaço que ele deve estar, no topo da tabela”, disse.

Por fim, sobre o seu relacionamento com as estrelas do clube, Luxemburgo preferiu não entrar em conflito.

“Fred e Deco são estrelas porque tem essa qualidade. Não é a primeira vez que eu trabalho com estrelas. O direito de cada um termina quando começam os meus. Não vejo nenhum problema nessa relação”.

Luxemburgo estreia nesta quarta-feira no Fluminense contra o Cruzeiro no estádio do Maracanã às 19h30 (horário de Brasília) pelo Campeonato Brasileiro.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: